A coragem que faltou à seleção brasileira, sobra no time de Felipão. Portugal é um time aguerrido em campo. Vai para as semi-finais com o apoio da torcida brasileira, que credita a ele o triunfo de 2002. Mostra que para vencer a copa não é preciso apenas um bom futebol, precisa também jogar com vontade. E isso ele tem de sobra. Tenho certeza que a copa do mundo será dele, de novo.

O Sonho Acabou

Fiquei atônito com o resultado do jogo. O Brasil perdeu para a França por 1 a 0 e deu adeus ao sonho do hexa. Mas não fiquei atônito com o resultado, e sim com o desempenho covarde de nossa seleção. O Brasil parecia amedrontado em campo e isso refletiu no resultado. O mais medroso de todos foi, sem dúvida, Parreira. Este não armou um time para vencer, mas para não perder. E perdeu por falta de ousadia. Perdeu por falta de coragem, perdeu pois não jogou com a virtude dos vencedores.Agora a Copa do Mundo virou uma mini-eurocopa.