Senhoras e senhores. Essa crise de segurança em São Paulo virou novela, e daquelas bem mexicanas (aos que gostam de novelas mexicanas, não se sintam ofendidos). O jogo de empurra-empurra entre os governos federal e estadual continua ferrenho e enquanto isso, o poder paralelo vindo dos presídios impera.Mas desta vez, O PCC acertou em cheio o alvo. O alvo era a candidatura de Geraldo Alckimin à presidência, que ontem teve uma terrível derrota na TV, massacrado em pleno Jornal Nacional, em virtude da crise de segurança. Agiram no dia certo.

Sem Titulo 8/8/2006-10:27

Noves fora, cinco.