Sem Titulo 18/12/2006-17:30

Em um grupo integrante de uma expedição internacional na savana africana haviam 5 pesquisadores de nacionalidades diferentes: Um brasileiro, um americano, um alemão, um francês e um japonês. Esse grupo caiu em poder de uma tribo de canibais. E como o chefe da tribo era meio chegado numa mandjuba, ele fez uma proposta para libertá-los. Todos os dotes dos pesquisadores foram medidos e prescisavam atingir um metro ao todo para garantir sua liberdade. O primeiro a ser medido foi o americano, 28 centímetros. Em seguida, o Brasileiro, 26. Em seguida o Alemão, com 23 e o Francês com 22. Faltava apenas um centímetro, e foi exatamente o que o japonês apresentou. Por muito pouco tinham escapado de virar refeição da tribo canibal. Já libertos, os pesquisadores comentavam a escapada, quando o japonês confessou: Ainda bem que eu estava excitado, né?

11 Davis Derrotam Um Golias

“Vai para a bola Adriano, escorou de cabeça para Yarley, dois contra um, alguem tem que chegar… Yarley passou pelo Puyol, Olha o Internacional chegando… Bola pro yarley, botou no meio… Tá pintando o gol, vai ser campeão do mundo… É gol! Gol! Gol! Eu disse que era o jogo da tua vida! Eu disse que era o jogo da tua vida! Adriano! Gooooooooooooooooool! Eu grito para o mundo ouvir! Goooooooooooooooooooooool! Que Barcelona? Que Ronaldinho? Que melhor do mundo? Que tradição? Tu não és um gigante! Porque o gigante é nascido em Porto Alegre! Tem noventa e sete anos! E jamais, jamais perdeu a esperança! Ninguém tem o direito, ninguém vai surgir no mundo para acabar com a esperança! Para acabar com toda e qualquer fé! Ninguém surgiu até agora! Ninguém vai surgir! O Internacional faz 1 a 0em cima doBarcelona! Trinta e sete minutos do segundo tempo. Um gol que ecoa o mundo e pinta o planeta de vermelho. 1 Inter, 0 Barcelona, Adriano Gabirú, eu disse que era o jogo da vida dele…”(Transcrição da narração de Daniel Oliveira do Gol do Internacional sobre o Barcelona na final do mundial interclubes)Destaco o que sublinhei da transcrição, que particularmente me deixou emocionado, mesmo sendo corinthiano. Foi o momento mais sublime que já ouvi nas narrações esportivas. E acredito que essa esperança, essa fé que mostrou que 11 brasileiros em campo, derrotaram um time impecável, como o Barcelona, em que o melhor jogador do time, é o melhor do mundo e é também brasileiro. Que possamos extrair essa esperança desse momento para nossas vidas. NADA É IMPOSSÍVEL!