Bom demais para ser verdade…

Todos fizeram festa. O Corinthians finalmente saiu do buraco e está mostrando que é um time grande. Nas três primeiras rodadas do Paulistão, três vitórias… Ledo engano. A derrota para o Ituano, ontem, em pleno Pacaembú acendeu o alerta amarelo no Parque São Jorge. Não que o Time deve se por no seu lugar e entender que é ainda limitado, mas é preciso por os pés no chão e começar a jogar com mais vontade e quem sabe, um pouco de humildade. De todos os grandes no Paulistão só o Corinthians perdeu e isso preocupa a torcida, evidentemente. Agora resta, levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima.

Catstrofe Metroviria Ii

O acidente em pinheiros não é o único problema do metrô de São Paulo. Há cerca de um mês ocorreu um atentado a bomba na estação Tranon-MASP, na Av. Paulista. O artefato era caseiro e não houve vítimas, apenas alguns danos ao patrimônio público. Em função disso medidas de segurança foram adotadas. Semana passada reparei uma delas, que para a maioria dos usuários dev ter passado desapercebido. Foram retiradas as lixeiras das plataformas de embarque. Só há cestos de lixo na parte externa das estações. E nas estações de maior movimento há detectores de metais no acesso as catracas. Fui surpreendido semana passada na estação Sé por um destes detectores. Como carrego muitos aparelhos eletrônicos (celular, mp3 player, carregador de celular, câmera digital e pilhas) acabei sendo reprovado no detector e tive que passar por uma revista pelos guardas da estação, que apesar da tarefa, foram muito educados e prestativos, pois certamente, como eu, não precisariam estar vivendo esta situação.É o caos social que traz reflexos até no metrô. Uma catastrófica realidade de nosso país.

Catstrofe Metroviria I

Sexta-feira passada, 12 de janeiro de 2007, corroreu o pior acidente em quase 39 anos de construções metroviárias no país. Uma cratera de mais de 85 metros de diâmetro se abriu onde deveria funcionar, em dezembro do ano que vem, a estação Pinheiros da linha 4 – Amarela do metrô de São Paulo. Esta cratera, enguliu carros, casas, caminhões, uma van com passageiros (o caso mais grave) e alguns pedretres. Dois corpos foram identificados até agora, apenas um deles, resgatado. Há mais pessoas soterradas alí, mas a chance de serem resgatadas vivas são remotíssimas. O acidente provocou ainda transtornos no trânsito, já que é próxima a uma das mais importantes vias de acesso da cidade, a marginal do Rio Pinheiros. E como não poderia deixar de ser, esse acidente gerou uma enorme discussão a respeito das obras do metrô, em andamento, por conta de quecausas do acidente poderiam evidenciar uma falha de projeto. E por isso há um jogo de empurra entre as autoridades responsáveis (Metrô e Governo do estado e o consórcio que cuida da construção da obra), sobre as responsabilidades deste desatre.Na minha modesta opinião, fica a outorga de vocês, leitores, concordar ou não, houve sim, uma enorme falha de projeto, já que subestimaram o solo da região do rio Pinheiros, que antes era pantanoso e arenoso, por conta do leito do rio, e repleto de lençóis freaticos, o que o deixam ainda mais perigoso para esse tipo de obra. Cogitou-se fazer a linha amarela elevada, como a região norte da linha azul, mas acretitou-se que o projeto traria um outro horrível e enorme minhocão à cidade. Mas a idéia que seria a mais correta é de que, apenas a região de Pinheiros fosse elevada e o restante da obra, fosse subterrâneo. Outra falha está na região da Av. Consolação e Rebouças, onde registraram rachaduras nas casas onde ocorreram as obras. O metodo construtivo conhecido como NATM (New Austrian Tunneling Method), o qual se usam explosões para cavar os túneis é inadequado para a região, pois por ser uma região bastante povoada e de alto fluxo de pessoas, esse método causaria problemas, como veio a ocorrer. Deveria-se utilizar Shield (o tatuzão, como chamam por aqui), que não foi utilizado pois é um método construtivo mais caro e deveria ser encomendado com dois anos de antecedência.De fato, a conclusão que se tira é que esse acidente é conseqüência de um dos maiores erros de engenharia da história do metrô em São Paulo, e no Brasil.

A Justiça Brasileira, dando ganho de causa a uma ação movida por Daniela Cicarelli e seu namorado, Eduardo Manzoni, decidiram bloquear o acesso ao site Youtube do público brasileiro, pois este site, que é um serviço de exibção de vídeos, não bloqueou o acesso a um vídeo em que o casal aparece fazendo sexo, em uma praia de Barcelona, Espanha. Este bloqueio foi revogado na tarde de hoje, e já é possivel acessar o site, neste momento.A decisão, como não poderia deixar de ser, gerou uma enorme polêmica, sendo questionada como ato arbritrário e de censura, não apenas por especialistas em mídia, como também por parte dos internautas. A MTV, emissora de televisão, onde Cicarelli é apresentadora já recebeu mais de 20 mil mensagens de e-mail, reclamando contra o bloqueio do Youtube. Há correntes na internet clamando as pessoas a fazerem um boicote a Cicarelli e à MTV e até uma petição foi feita para que o governo intervenha na polêmica gerada.Vendo a grande quantidade de pessoas que estão sendo prejudicadas pelo bloqueio (além do público em geral, empresas utilizam o Youtube para divulgar seu produtos), além do prejuizo decorrentes do bloqueio ao site, a minha sugestão para a questão é simples: jogar o feitiço contra o feiticeiro. Que tal, nós internautas, movermos uma ação civil pública contra Cicareli e Manzoni pelos danos morais e financeiros causados pelo bloqueio? Notadamente o responsável pela veiculação do vídeo não é o YouTube e sim quem fez o vídeo e quem inciou a divulgação na mídia, ou seja, o paparazzi espanhol e a emissora de TV da espanha que difundiu o vídeo. Culpar o Youtube ou os usuários pela veiculação do vídeo, beira a prepotência e heresia. É de extrema importância que as celebridades tenham a consciência de que são pessoas públicas e estão sujeitas a essa invasão de intimidade, e que atitudes com a de Cicarelli só tendem a aumentar a repercussão da mídia em relação a esse episódio, o que veladamente, seria o objetivo dela.

Feliz Ano-novo

O Ano de 2007 está nascendo. E com ele renovamos nossas esperanças em dias melhores, com maior prosperidade, igualdade e fraternidade entre os homens. Juntos enfrentamos contratempos. Juntos alcançamos metas e objetivos. Juntos obtivemos conquistas. E neste tempo festivo, é também um momento para refletirmos, não apenas o que esperamos para o ano vindouro, mas o que podemos fazer para que estas esperanças que depositamos com tamanha fé, se tornem realidade. E sabemos que não podemos fazer tudo isso sozinhos, mas sabemos que podemos contar um com os outros, em laços de união, para que possamos avançar juntos, rumo a nossos objetivos.É por isso que, em 2007, o que eu desejo é, simplesmente, poder ter, força, talento, sabedoria e lealdade, para que vocês possam, sempre que precisar, contar comigo para o que for preciso.E sendo leais, uns aos outros, com esse espírito de união, é que desejo, um ano de 2007 repleto de conquistas, vitórias e alegrias a todos.Feliz Ano-Novo!