São Paulo, Segunda-feira, 17 de julho de 2007, quinze para as sete da noite. Susto e pânico na Avenida Washington Luiz, próximo ao aeroporto de Congonhas. Um avião da TAM, que chegava de Porto Alegre, com cerca de 180 pessoas a bordo, derrapa da pista do aeroporto, atravessa a avnida e bate contra o prédio da TAM Express e em um posto de gasolina. Não houve registro de sobreviventes entre os ocupantes do avião. A tragédia chocou o país e bateu o triste recorde do desastre do avião da Gol em setembro do ano passado, onde 154 pessoas morreram, quando o avião da companhia, chocou-se com um Jatinho Legacy em plena Selva amazônica.Em nome dessas vítimas, este blog e seu autor prestam homenagem, e se solidariza com as vítimas, e clama às autoridades civis e aéreas providências para que desastres como este, nunca mais se repitam.