(-95) A última tentativa

Esta é a terceira e última tentativa de entrar na FATEC de SP. Nas duas tentativas anteriores, admito que perdi tempo e dinheiro. Hoje é o dia da prova e estou indo com a cara e a coragem. Não procurei me preparar (até porque não tinha tempo para isso) e tampouco estou tenso, pois já estou acostumado a enfrentar desafios. Modéstia a parte, sinto-me um talento subutilizado, não por falta de oportunidades, mas de preparo. E esta é a sina da maioria dos brasileiros da minha geração. Torço para que as próximas gerações tenham sorte melhor que a minha, pois este país vive, infelizmente, por uma fase de profunda depressão cultural e intelectual.