Com a vitória de Kimi Haikonnen no GP da Austrália e a fantástica recuperação de Felipe Massa (largou em último, terminou em sexto), mostra qual será a toada desta temporada: o domínio ferarista será a constante. O ‘Homem de Gelo’ parece que está bem ambientado ao carro e dominou a etapa australiana desde os treinos. E Massa só não teve sorte, pois o cambio quebrou e depois o motor, e teve que sair na rabeira, mas mostrou sua força: em uma fantástica corrida de recuperação e fazendo apenas uma parada, chegou em sexto (lembrou o fusquinha Herbie, do filme ‘Se meu fusca falasse’). Mas o que estou vendo é que a equipe da Ferrari, em relação aos pilotos, é a melhor da temporada. Inclusive o Massa aprendeu muito com o seu ex-companheiro de equipe: o heptacampeão Michael Schumacher. E digo mais: se Haikonnen e Massa estiverem entrosados, não vai ter pra ninguém nesta temporada. Aliás, a melhor estratégia que uma equipe de formula um é a mesma estratégia de um jogo parceirado de dominó (parece besteira o que digo mas não é). Quem está na dianteira tem que jogar pra si, e quem está atrás tem que atrapalhar os adversários (evitando evidentemente de atrapalhar o parceiro). Obviamente sempre miutas equipes escolhem um piloto, para ser o primeiro, mas seria melhor manter uma saudável concorrência para fazer com que os pilotos rendessem mais, em que o primeiro piloto é o que está na frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s