Hdtv Ainda Engatinha No Brasil

Realizei uma pesquisa sobre o conteudo de televisão em alta definição no Brasil e o resultado foi desanimador. O mais interessante é que nem precisei apurar de emissora em emissora o conteúdo, pois já havia um estudo pronto na rede. O autor do levantamento foi Gregori Pavan que publicou os resultados em seu blog. Mas não apenas houve uma apuração, como também uma análise dos resultados. É claro que é possível também por nós, telespectadores e também entusiastas de tecnologia, analisar também estes números. O quadro abaixo, extraído dos resultados desta pesquisa também indica uma análise das perspectivas para o HDTV no país:

Emissora Horas de HDTV em Dez/2009 Horas de HDTV em Jun/2010
Total Produção Própria Prod. Terceiros Total Produção Própria Prod. Terceiros
TV Cultura N/A N/A N/A 15h 55m 15h 55m
SBT 29h 45m 20h 9h 45m 28h 35m 21h 20m 7h 15m
Globo 20 h 9h 11h 44h 41m 14h 10m 30h 31m
Record 1h 15m 1h 15m 11h 20m 3h 35m 7h 45m
Rede TV! 161h 40m 153h 55m 7h 45m 155h 20m 145h 20m 1h
Band 74h 50m 65h 20m 9h 30m 98h 10m 85h 40m 12h 30m
MTV N/A N/A N/A 37h 31h 6h
Rede Vida 23h 10 m 23h 10 m 30h 30h

De fato há um grande desafio para as emissoras de televisão no Brasil para tornar sua programação HDTV. A Rede TV, foi a pioneira e inclusive é a primeira emissora do mundo a transmitir em 3D. Mas grandes e tradicionais emissoras como Globo, SBT, Band e Record estão decepcionando pelo conteúdo muito escasso em HDTV.

A Rede Globo é um caso particular pois possui potencial para isso, porém, nota-se que somente os estúdios do Rio de Janeiro possuem todos os requisitos para a gravação de programas de auditório em alta definição. Os estúdios de São Paulo, responsáveis por quase a metade da programação de auditório da rede não transmitem em HD. Somente uma das novelas da rede carioca é transmitida em HDTV e hoje o horário das 19:00 estreia mais uma novela com esta tecnologia, o que deve impulsionar a programação. Além disso, algumas séries e programas como o Zorra Total, que poderiam ser transmitidos em HD, não o são.

As redes de televisão terão o maior desafio com o jornalismo. De fato, temos um grande problema, pois o jornalismo é extremamente heterogêneo, quanto ao conteúdo e as formas de registro. É muito difícil fazer um investimento muito pesado em equipamentos para o jornalismo, para que este se adeque ao padrão HDTV. Alguns telejornais como os da Band e os da Rede TV já são transmitidos neste formato, mas somente a parte dos apresentadores é transmitida dessa forma, pois as reportagens ainda são gravadas em baixa definição.

De resto, é possível reverter esse quadro. As emissoras brasileiras tem capacidade de adequar a essa norma, mas é necessário um esforço gradual e contínuo para que as pessoas que adquiriram tevês de alta definição possam, de fato usufruir deste advento tecnológico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s