O conto de 20 de abril

Já no ônibus, a caminho do trabalho faltando dez pras uma da tarde, dou de cara com um outdoor de uma academia, a qual já sou cliente e me fez lembrar que não fui malhar hoje, e nem ontem. Eu não consegui acordar hoje, estava num desânimo só.

Ontem foi a razão do desânimo da manhã seguinte: por um erro alheio e por um erro próprio. O erro alheio se deu a um time de futebol que assinou um sádico regulamento de um campeonato, em que se deveria jogar 5 partidas em um pouco mais de uma semana, e ainda assim, ter que decidir nos pênaltis mesmo tendo a melhor campanha. Endividado e cansado, pressionado por uma emissora de TV, com início de temporada precoce, maratona de jogos, enfim… Sempre gostei do esporte bretão, e inclusive durante a peleja que parou São Paulo pra ver, eu estava praticando em um parque quase vazio, mas com alguns praticantes honrando a tradição brasileira de pátria de chuteiras, embora a maioria deles jogassem descalços.

O segundo erro foi meu. Embora o prejuízo financeiro foi pequeno, o prejuízo moral foi enorme, a ponto de me colar ao colchão a manhã inteira. Não foi algo que me levasse às lágrimas, mas a uma profunda reflexão. As epifanias deveriam ser eventos corriqueiros em vez de raros. O nosso ego e autoestima muitas vezes nos cegam e cerceiam o direito de aprender com nossos próprios erros. Concluí que apesar de ter tido algumas evoluções nestas últimas semanas, após períodos de reflexões e epifanias, ainda há um longínquo caminho a seguir. E ao descobrir meu calcanhar de Aquiles, vi que é preciso uma vigilância maior de modo a reforçar meus pontos fracos. Pensei em me afastar de tudo aquilo que poderia me por em risco, mas entendo que a melhor forma de vencer seus medos é em vez de fugir, conviver com eles, de modo que estes deixem de o afligir. Foi assim que parei de fumar.

Pois é. A sabedoria advém de todos os lugares. Basta ler.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s